A previsão é de chuva significativa em todos os submercados do país, principalmente entre as regiões Sudeste e Sul e em parte da Centro-Oeste. No subsistema Sudeste, as bacias mais atingidas serão a do Paranaíba, a do Grande, a do Tietê e a do Paranapanema. As bacias do Tocantins (subsistema Norte) e São Francisco (subsistema Nordeste) devem apresentar chuvas mais ao sul. Já no subsistema Sul, as previsões mostram chuvas moderadas em todas as bacias.

A figura a seguir mostra a previsão de precipitação acumulada feita pelo modelo ETA (CPTEC/INPE/ONS), para semana operativa do ONS de 12/12/2015 a 18/12/2015.

 Figura 1:

Fonte: Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climático/Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais/Operador Nacional do Sistema (CPTEC/INPE/ONS).

Fonte: Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climático/Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais/Operador Nacional do Sistema (CPTEC/INPE/ONS).

Chuvas favoreceram leve recuperação de Sobradinho

Na semana de 5 a 11 de dezembro, as chuvas concentraram-se nas regiões Sul, Sudeste, Centro-Oeste e em parte da região Norte, em uma configuração que afetou diretamente todos os subsistemas. No subsistema Sudeste Centro-Oeste, as chuvas atingiram as bacias do Grande (entre Minas Gerais e São Paulo), do Paranaíba (Sul de Goiás), do Paranapanema e incremental a Itaipu (entre São Paulo e Paraná).

Houve totais significativos de precipitação em Minas Gerais, ao sul da bacia do rio São Francisco, que propiciaram um aumento nas vazões e leve recuperação do reservatório de Sobradinho. Na bacia do rio Tocantins, as chuvas foram bem distribuídas, espacialmente entre Goiás e Tocantins.

A figura abaixo mostra os valores da precipitação observada para a semana operativa do ONS de 05/12/2015 a 11/12/2015.

Figura 2:

Fonte: Climate Prediction Center/National Centers for Environmental Prediction/National Oceanic and Atmospheric Administration (CPC/NCEP/NOAA).

Fonte: Climate Prediction Center/National Centers for Environmental Prediction/National Oceanic and Atmospheric Administration (CPC/NCEP/NOAA).

Mais notícias sobre Energia Renovável