Liminar que impedia o reajuste foi derrubada pela ANEEL

As faturas da Eletrobras Distribuição Amazonas emitidas a partir de 01/02/16, terão reajuste de 42,5% para consumidores de média e alta tensão e de 38,8% para consumidores residenciais.

Serão cobrados, ainda, os valores retroativos de novembro de 2015 a janeiro de 2016, período no qual o reajuste estava suspenso por conta de liminar obtida na justiça por órgãos locais de defesa do consumidor.

Mais notícias sobre Energia Renovável