Os reajustes tarifários da Cepisa e da Ceal foram suspensos pois as distribuidoras estão inadimplentes com as obrigações intrassetoriais.
A decisão da ANEEL prevê a prorrogação das tarifas vigentes (resultantes da Revisão Tarifária Extraordinária em fev/2015) enquanto perdurar a inadimplência.

A Cepisa atende 1,1 milhão de unidades consumidoras localizadas em 224 municípios do Piauí, e a Ceal atende 1 milhão de unidades consumidoras localizadas em 102 municípios de Alagoas.

Mais notícias sobre Energia Renovável