Descubra como se proteger de golpes de boletos falsos e evitar fraudes ao revisar informações, garantir segurança do e-mail e agir com cautela. Proteja sua empresa!

Os boletos fraudulentos são aqueles elaborados por golpistas com informações que pareçam legítimas, utilizando o logotipo da empresa verdadeira e com valores aparentemente iguais ao boleto verdadeiro.

Com a correria do dia a dia e as obrigações de pagamento, alguns detalhes podem passar desapercebidos. Assim, qualquer pessoa pode cair em um golpe de pix ou boleto falso. 

Para evitar que você ou sua empresa caia em algum golpe de pagamentos falsos, separamos 3 dicas práticas. Confira!

Tipos de golpes de boletos falsos

Com criatividade e tecnologia, é possível desenvolver diferentes tipos de golpes, porém, quando o assunto é pagamento, alguns são mais comuns, como:

Boleto por e-mail falso

Os criminosos se passam por empresas e enviam um e-mail falso com boleto para pagamento para as vítimas. As contas mais usadas são as de água, internet e luz.

Boleto por e-mail interceptado

Neste golpe, os criminosos invadem o e-mail da vítima e adulteram um boleto enviado e anexado por e-mails verdadeiros.

Boleto em loja virtual

Os criminosos interceptam a venda on-line e enviam um boleto falso para o consumidor. Isso pode ocorrer quando uma nova página é aberta para gerar o boleto.

Por isso, é sempre importante garantir a privacidade da sua conta bancária, do seu e-mail e dos seus dados pessoais. Confira como a LGPD garante este direito.

1ª dica: revise todos os dados antes de pagar

É muito comum que os golpistas troquem poucas letras em uma palavra que você já conhece para facilitar o pagamento de um boleto falso.

Por isso, sempre revise, pelo menos duas vezes, as seguintes informações:

  • O e-mail do remetente que enviou o boleto
  • Os dados do beneficiário
  • A data de vencimento do boleto
  • Se existem taxas ou encargos que você desconhece
  • O valor total do boleto

Além disso, em caso de qualquer dúvida, consulte o contrato assinado com a empresa beneficiária ou fale com a equipe de suporte.

2ª dica: garanta a segurança do seu e-mail

Assim como recomendamos que você verifique o e-mail de quem te encaminhou o boleto a ser pago, a 2ª dica é que você revise a segurança do seu e-mail.

Para isso, algumas estratégias interessantes podem ser:

  • Crie senhas com palavras aleatórias para dificultar sua descoberta
  • Adicione opções de recuperação de conta, assim é preciso confirmar qualquer mudança antes de efetuá-la de fato
  • Ative a autenticação com dois fatores. Mesmo que isso adicione um processo a mais no seu login, sua segurança fica totalmente garantida a cada acesso

Hoje em dia, o phishing está cada vez mais comum. Este golpe visa enganar pessoas, incentivando o compartilhamento de informações pessoais e confidenciais para e-mails desconhecidos.

Por isso, aqui vai uma dica bônus: sempre desconfie de e-mails que você não conhece, pedindo informações específicas sobre você ou seu negócio. Lembre-se de verificar o domínio do endereço do remetente.

3ª dica: em caso de dúvidas, dê um passo pra trás

Se você ficou em dúvida sobre um e-mail que recebeu ou então sobre um boleto que te encaminharam, não faça nenhum pagamento nem compartilhe nenhuma informação sobre você ou sobre a sua empresa.

Em casos de dúvidas, é mais prudente voltar alguns passos antes de qualquer ação:

  • Peça para falar com um atendente ou especialista
  • Pesquise o remetente do e-mail no Google
  • Revise o contrato assinado para confirmar as informações de pagamento
  • Confira se o anexo ou o domínio do endereço do remetente têm nomes estranhos, como letras aleatórias ou muitos numerais
  • Se o assunto do e-mail é suspeito ou você não tem ciência, não o responda

Agora que você conferiu o guia completo, que tal compartilhar com os seus contatos para evitar que mais pessoas caiam em golpes de boletos falsos?

Juntos, evitamos fraudes e garantimos a segurança da sua empresa.

Mais notícias sobre Energia Renovável